O Que É e Para o Que Serve o Google Ads?

O Que É e Para o Que Serve o Google Ads?

A importância e a relevância dos anúncios personalizados do Google

 

Você sabia que, a cada segundo, 2,3 milhões de pesquisas são realizadas no Google? Sabia também que a maioria das páginas de resultados de pesquisa inclui anúncios do Google Ads?

Se isso tudo é novidade para você, não se preocupe. A Comunikar está aqui para descomplicar.

 

Pagos pelas empresas, os anúncios do Google podem ser uma maneira extremamente eficaz de direcionar tráfego relevante e qualificado para o seu site, isso tudo no momento exato em que as pessoas estão pesquisando os tipos de produtos ou serviços que você oferece.

 

Sem mais delongas, apresentamos para você o Google Ads (anteriormente conhecido como Google AdWords).

 

O Que É?

O Google Ads é o serviço de publicidade da plataforma de pesquisa do Google. Ele permite que você coloque os resultados de pesquisa relativo ao seu site em uma página de resultados do mecanismo de busca pagando por mais visibilidade. Quer um exemplo? Veja a imagem abaixo.

 

GOOGLE ADS PARA QUE SERVE

 

Destacada em verde encontra-se a palavra anúncio, que já fala por si só. Essas empresas usam os serviços do Ads para ter mais destaque sobre os outros resultados da pesquisa, que como você também pode ver na imagem, são muitos.

 

Não há necessidade de esperar que seu novo site suba organicamente na classificação. Ao usar a pesquisa paga, você pode ver resultados imediatos de maneira simples e sem custos exorbitantes. Sim, usar o Google Ads não é tão caro quanto você imagina.

 

Modo de Usar

Em poucas palavras, você escolhe algumas palavras-chave que um usuário pode vir a usar no Google e cria um anúncio que aparecerá na página de resultados de pesquisa com base nesses destaques.

 

Por exemplo: de acordo com a lista de termos mais pesquisados no ano de 2019, a palavra “reveillon” teve uma alta absurda no último mês (por motivos óbvios, claro). Se a Comunikar fosse criar um blog sobre o tema, adivinha qual seria a palavra chave?

 

Obviamente, nós provavelmente não seremos as únicas empresas que desejam exibir anúncios para pessoas que usam esses termos específicos. Empresas rivais podem fazer lances para o mesmo termo de pesquisa.

Isto é, se você deseja que seu anúncio apareça, concorra com outros profissionais de marketing quanto você está disposto a pagar para o Google Ads toda vez que um usuário clicar no seu anúncio.

 

Quanto mais você paga por clique, maior a probabilidade do seu anúncio aparecer nos resultados de pesquisa, e é por isso que a pesquisa paga é geralmente chamada de PPC, que significa Pay-Per-Click. Ainda assim, não é só o maior lance que leva a jogada.

Para determinar a altura em que seu anúncio aparece nos resultados de pesquisa, o Google atribui a ele algo chamado “Classificação do anúncio”.

 

E o Que Significa Essa Classificação?

A classificação de anúncios no marketing digital é a posição de um anúncio de PPC em uma página de pesquisa.

 

A posição do seu anúncio depende da posição de cada palavra-chave incluída nele, que é determinada na hora de criar o anúncio. Ou seja: o robô que cuida dos resultados de busca precisa entender com clareza que o seu site realmente fala sobre aquilo que se procura.

Uma classificação de anúncios mais alta geralmente resulta em maior exposição para seus produtos ou serviços, como aumento de cliques através do Google Ads.

 

O tempo que leva para o Google Ads analisar todos os anunciantes relevantes que fazem lances para um termo de pesquisa, decidir se haverá um leilão ou não, realizar esse leilão, descobrir qual anúncio oferece uma mistura do lance máximo mais alto + uma pontuação de qualidade e, finalmente, veicular esse anúncio na página de resultados, é o tempo que leva para alguém digitar um termo de busca no Google e receber os resultados.

 

Se você aumentar seu orçamento de PPC, seus leads e lucros aumentarão de acordo. Isso torna o Google Ads altamente eficaz para empresas que precisam de muito retorno, mas têm pouco tempo para tal.

Read More
29 de janeiro de 2020