Como Acrescentar Valor À Uma Marca

Como a percepção dos clientes pode afetar (e muito) o seu valor no mercado

 

Valor vs Marca: dizer que o cliente faz a marca não é só óbvio como necessário. Sem cliente não tem venda, e sem venda não tem empresa, pois todo o investimento vai por água a baixo.

Como, então, saber investir de maneira consciente em um relacionamento favorável para uma boa experiência entre vendedor e consumidor?

 

Simples. Utilizando da estratégia do Brand Equity.

Sim, simples mesmo! Mas o que é isso?

 

Brand equity, ou valor de marca, é um termo do marketing que descreve nada mais nada menos do que o valor de uma marca. Esse valor é determinado pela percepção e experiência do consumidor com determinado produto. Se as pessoas gostam de uma marca, pensando apenas coisas boas sobre ela, ela tem um valor positivo. Quando uma marca apresenta desempenho insuficiente e decepciona a ponto de as pessoas recomendarem que outras a evitem, ela tem um valor negativo.

 

Na teoria, é tudo bem óbvio. Já na prática, é bom estudar o que você precisa melhorar no seu produto.

 

Componentes do Brand Equity

O aumento da sua participação no mercado deverá ser igual ao resultado da lealdade e valor da marca do cliente. Existem quatro componentes que fornecem esses resultados:

 

Reconhecimento da marca – A marca é amplamente conhecida e reconhecida, e os consumidores sabem o que são oferecidos em relação à concorrência.

Experiência da marca – Os consumidores usaram e experimentaram o produto o suficiente para criar expectativas.

Preferência da marca – a marca é a preferida pelos consumidores e, como resultado, eles se tornam clientes que retornam.

Lealdade à marca – A marca e o consumidor têm um apego emocional, e o consumidor fará todo o possível para comprá-la.

 

 

Como Obter Esses Componentes

Busque o feedback. Agradeça os elogios e lembre o seu cliente de que tudo é feito com carinho e especialmente para que ele volte sempre. Agradeça também as críticas e garanta que aprenderá com elas. Errar é humano, mas aprender com os erros é indispensável para um bom valor de marca.

 

Personalize essas experiências. Saiba como lendo mais nessa matéria especial que nós da Comunikar preparamos especialmente para você. Viu? Já até personalizei um pouquinho nesse parágrafo. Se eu não falasse você nem ia notar.

 

Seja rápido ao responder feedbacks negativos. Sério. Não deixe o fogo se alastrar antes que seja tarde demais. Além disso, mostrar pronto atendimento à clientes insatisfeitos também garante a eles que você não está aqui para fazer corpo mole. Sua empresa é sua vida: trate-a como tal.

 

Visualmente falando, para deixar sua marca na “boca do povo”, faça questão de usar sempre as mesmas cores e o mesmo logo para estabelecer um padrão. Quanto mais personalizado e mais chamativo, melhor para o seu branding. Esse é o tipo de coisa que não sai da cabeça das pessoas.

 

Mantenha uma presença ativa nas redes sociais. Ficar sem postar por muito tempo é uma péssima ideia quando se trata em obter valor de marca. Você não quer cair no esquecimento, não é mesmo? São tantas empresas indo e vindo na vida de uma só pessoa no dia a dia que sumir por algumas horas já é arriscado o suficiente.

 

CUIDADO! Exagerar na presença também não é ideal. Algumas redes como o Instagram consideram como spam o excesso de postagens durante o dia. Isso pode resultar no bloqueio total da sua conta.

 

Concluindo…

Cativar as pessoas realmente não é tão difícil quanto parece. A chave para o carisma é a boa educação e o amor pelo atendimento ao cliente. Se você seguir essas dicas direitinho, adicionar valor à sua marca será uma questão de tempo.

 

E caso precise de ajuda… nós estamos aqui exatamente para isso. ????

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *